Apophis, o Asteroide Ameaçador

O Apophis é sem dúvida o asteroide que causa maior preocupação entre os astrônomos. Esse gigante de 325 metros causou um breve alvoroço na comunidade científica em dezembro de 2004 quando as observações iniciais indicavam uma possibilidade dele atingir a Terra em 2029. Observações adicionais aumentaram a precisão das predições e eliminaram a possibilidade de impacto em 2029, embora ainda haja uma pequena probabilidade de que a iteração gravitacional possa colocá-lo em rota de colisão com a Terra em 2036.

Entretanto, se as nossas mais apuradas predições estiverem corretas, o maior risco para a Terra estará nos anos de 2068 e 2069, quando a previsão é que o Apophis passe a cerca de 120 Km da superfície da Terra. O risco de impacto é muito grande. E se isso ocorrer, a energia liberada seria de aproximadamente 880 megatons, o que é algo tão absurdamente alto que é difícil encontrar comparação. Seria em torno de 70 mil vezes mais potente que a bomba atômica que arrasou a cidade japonesa de Hiroshima no final da Segunda Guerra Mundial.

Um impacto dessa magnitude teria um efeito devastador. Produziria um tsunami de proporções inimagináveis se caísse no oceano, ou levaria a vida dezenas de milhões de pessoas se ocorresse em solo. O Apophis é um risco real. Não lhe dar a atenção que ele merece é como brincar de roleta russa, é deixar a sorte definir o futuro da humanidade.

Participe do Asteroid Day e ajude a divulgar o conhecimento a respeito desses objetos. Promova ou sugira um evento na sua escola, no seu clube ou condomínio.

Fotomontagem produzida por Marcelo Zurita.

ERRATA: O asteroide da imagem não é o Apophis e sim o Itokawa, que é um pouco maior que esse, medindo 500 m e sua órbita também se aproxima da Terra, mas não é tão perigoso quanto o Apophis. A foto foi feita pela sonda japonesa Hayabusa em 2005. A utilização da foto do Itokawa foi uma falha nossa provocada pelo fato dessa imagem ser usada em várias matérias sobre o Apophis.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *