Oficinas/Minicursos

Monitoramento de Impactos Lunares Marcelo Zurita

Todos os dias, a Terra é bombardeada por dezenas de toneladas de fragmentos de rochas espaciais. Na Lua não é diferente. Mas ao contrário da Terra, a Lua não tem uma atmosfera para lhe proteger. E quando atingem a Lua, esses fragmentos impactam diretamente com a superfície provocando uma espécie de explosão, que em determinadas circunstâncias, pode ser vista aqui da Terra na forma de flashes luminosos. Para registrar esses impactos, astrônomos de todo o mundo monitoram a Lua nos primeiros e últimos dias de sua lunação, período em que é mais favorável para o registro, uma vez que grande parte da sua superfície não está iluminada, o que favorece a detecção dos flashes mais tênues. Idealmente, esse monitoramento é realizado utilizando telescópios de grandes aberturas e câmeras de alta sensibilidade. Entretanto, ele também pode ser feito com equipamentos mais simples, o que torna essa prática acessível à grande parte dos astrônomos amadores.
Objetivo
O minicurso tem como objetivo, capacitar os interessados para realização de monitoramento, análise e reporte de um possível impacto, possibilitando assim, aumentar a rede de astrônomos que realizam o monitoramento e com isso, aumentar a possibilidade de detecção desse tipo de fenômeno a partir do Brasil.


Recepção de Imagens de Satélites Meteorológicos Através de Equipamento de Baixo Custo Lauriston Trindade

Milhares de satélites cruzam nosso céu todos os dias. Cada um tem sua função distinta. Alguns são satélites militares, outros telescópios espaciais, mas uma boa parte deles tem a função de monitoramento de dados meteorológicos. A maioria dos satélites meteorológicos se comunicam com a Terra a partir de sinais de rádio que podem ser captados e interpretados por qualquer pessoa que tenha o equipamento adequado.

O objetivo deste minicurso é ensinar a montagem de um sistema de baixo custo, baseado em uma antena caseira que opera juntamente com um receptor SDR e com softwares gratuitos, específicos para recepção de imagens de satélites meteorológicos. O curso aborda de forma teórica e prática, tanto a montagem da antena e dos cabos, a instalação do hardware e software, e a operação dos softwares de recepção.