VII EPA! leva Astronomia e traz Astrofotografias do Sertão da Paraíba

Ocorreu, neste final de semana, a sétima edição do Encontro Paraibano de Astrofotografia (EPA!), que levou a Astronomia para o Sertão do Estado e voltou com imagens fantásticas dos céus da Paraíba. O encontro é organizado pela Associação Paraibana de Astronomia (APA), Núcleo de Ensino e Pesquisa em Astronomia do IFPB (NEPA) e pelo Casarão do Jabre, que recebe desde 2013 os astrônomos, astrofotógrafos e entusiastas, para duas noites em contato com um dos céus mais escuros da Paraíba, na zona rural do município de Maturéia.

foto_oficial001

 

Este ano, apesar de ser um ano de crise, o evento contou com 78 participantes, o segundo maior público de todos os EPAs. As atividades observacionais se restringiram à primeira metade das noites, já que uma incomum nebulosidade cobriu a região a partir da 0h nas duas noites do evento. Isso prejudicou a produtividade, mas não impediu a captação de imagens incríveis do fabuloso céu do Sertão da Paraíba. Já as trilhas ecológicas e as atividades educativas foram um verdadeiro sucesso.

Veja algumas das fotos feitas durante o VII EPA!:

No Casarão do Jabre, foram oferecidos dois minicursos aos participantes. Um de introdução à astrofotografia, onde foram passados os conceitos básicos e técnicas para aquisição de imagens astronômicas, ministrado por Marcelo Zurita, e um segundo de tratamento de imagens astronômicas, ministrado por Renato Bandeira. Ainda no Casarão, foi inaugurada a praça dos telescópios, estrutura criada especialmente para o evento. O local ganhou um nivelamento do piso, proporcionando melhores condições para realização das astrofotografias. Na área de camping, o redário criado no ano anterior foi o local mais disputado do final de semana, uma excelente opção de descanso à sombra das árvores, ouvindo o canto dos pássaros, após as noites de trabalho.

5027d1b6-1c6c-4305-8e9b-f828dc76d3d9

Atividade na Escola Moacir Dantas
Na sexta-feira, dia 27, foi realizada uma atividade educativa na Escola Antônio Moacir Dantas Cavalcanti, que contou com a presença de Marcelo Zurita, atual presidente da APA e com Nívea Maria, ex-aluna da Escola e que esteve esse ano auxiliando as atividades da APA.
Os alunos presentes puderam do turno da tarde puderam visitar a exposição Asteroid Day, com modelos de asteroides e com fotomontagens de asteroides em ambientes urbanos. A exposição tem como objetivo a conscientização sobre esses pequenos corpos do sistema solar mas que podem representar um grande risco para a Terra.

moacir01

Houve também uma oficina para montagem de um globo terrestre a partir de uma esfera de isopor e de um planisfério. Com a ajuda do globo, de uma lanterna e de um pequeno modelo do relógio solar de Maturéia, foi explicado como o formato da Terra e seus movimentos de rotação e translação permitem a marcação do tempo em um relógio solar como aquele.
O globo montado com a miniatura do relógio foram doados à Escola para servir de ferramenta didática.

moacir02

Curso de Constelações de Primavera
Paralela à programação oficial do Encontro, foi oferecido, pela primeira vez no município de Maturéia, o curso de Constelações de Primavera do Professor Marcos Jerônimo.
O curso “Constelações de Primavera”, contou com conceitos astronômicos, posicionamento geográfico e constelações, uso do planisfério celeste, e atividades práticas de identificação dos pontos astronômicos e geográficos das constelações, além da identificação das principais nebulosas e galáxias de interesse observacional visíveis nesta época do ano.
Marcos é especialista em educação de Astronomia e está completando 50 anos de dedicação à Astronomia. Atualmente é Coordenador do Laboratório de Astronomia da Estação Cabo Branco e Diretor Técnico e Científico da Associação Paraibana de Astronomia.

curso01

Observação Pública
Na noite de sábado, 28, o público presente na Praça José Alves da Costa pode observar um pouco do céu através dos telescópios da APA e do NEPA. Os principais objetos observados foram os planetas Júpiter com suas luas galileanas e Saturno com seus anéis. Além disso, também foram observados algumas nebulosas e aglomerados estelares, que só são possíveis de serem observados em locais escuros como Maturéia.
Parte do público presente eram os alunos do Curso de Constelações de Primavera, que além da experiência com os telescópios, realizaram também a parte prática do curso que permitiu a identificação das principais constelações no céu.

observacao01

O Encontro Paraibano de Astrofotografia vem a cada ano crescendo mais em participação e em qualidade de produção, mas uma característica parece estar sendo decisiva para sua consolidação como um dos importantes eventos de astronomia no Nordeste: a integração com a população local. A cada ano, essa integração está mais forte e com isso, o EPA não marca apenas os participantes inscritos, que tem o privilégio de contemplar um dos céus mais escuros do Estado. O evento marca também a população do município que, além de ter a oportunidade de observar os astros pelo telescópio, tem contato com uma das mais fascinantes das ciências.

O EPA, a cada ano que passa, leva mais Astronomia para Maturéia e volta de lá com as mais belas astrofotografias do Estado.

 

2 thoughts on “VII EPA! leva Astronomia e traz Astrofotografias do Sertão da Paraíba

  1. Fagnia heleno

    Bom dia, meu filho de 11 anos é apaixonado por esse assunto de universo, ontem a noite ficamos observando é falando sobre o que estava acontecendo no céu. Gostaria que ele participasse desses mommomentos em matureia.

    Reply
  2. Ricardo Pereira de Azevedo

    Esse encontro é FANTÁSTICO! Aliás, 7 é o número da perfeição… Espero estar vivo em 2020 para participar na íntegra.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *