O Evento de Chelyabinsk | Asteroid Day 2017 PB

Em 15 de fevereiro de 2013, um asteroide de aproximadamente 10.000 toneladas e cerca de 20 metros de diâmetro explodiu sobre a cidade russa de Chelyabinsk. A explosão liberou uma energia de 500 quilotons, o equivalente a quase 40 bombas de Hiroshima. Felizmente, o evento não produziu danos significativos na cidade. Entretanto, o deslocamento de ar provocado pela explosão, estilhaçou vidraças, derrubou alguns prédios e feriu mais de 1000 pessoas em solo. O evento de Chelyabinsk é o maior impacto registrado nos últimos 50 anos na Terra. E o fato deste asteroide não ter sido percebido antes do seu impacto com Terra é um exemplo de como precisamos melhorar nosso sistema de monitoramento para evitar que novos eventos desse porte possam causar destruição e perdas de vidas humanas.

Nessa fotomontagem feita por Marcelo Zurita, uma representação de um asteroide com aproximadamente o mesmo tamanho do de Chelyabinsk foi colocado no adro da Igreja de São Francisco, um dos principais pontos turísticos da Capital Paraibana. Acho que ninguém fica muito confortável imaginando que um desses poderia explodir sobre sua cabeça.

O risco de impacto de um grande asteroide com a Terra é real. Sabemos que um dia ele acontecerá, mas ainda não sabemos quando, nem sabemos se poderemos evitar.

O Asteroid Day é uma iniciativa mundial que visa conscientizar os governos e a população sobre a necessidade de se investir mais no estudo e no desenvolvimento de tecnologias que nos permitam evitar ou minimizar os danos causados por esses eventos.

Participe você também! Promova ou sugira um evento na sua escola, no seu clube ou condomínio.

Conheça mais sobre o Asteroid Day (30/06):http://asteroidday.org/brasil/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *